Machine learning é uma daquelas novas tecnologias de que ouvimos falar o tempo inteiro. Sabemos que vai mudar o mundo, sabemos que vai melhorar nossas vidas e sabemos que deixarão as máquinas mais eficientes.

Só não sabemos ao certo como e quando isso vai acontecer, não é mesmo? Às vezes, parece que o machine learning existe apenas nos artigos técnicos e nas reportagens de jornal e que está demorando para atingir o nosso dia a dia.

Mas, acredite: o machine learning é real e está mais próximo do que você imagina. Este artigo mostra como essa tendência tecnológica já está mudando a história do mundo e como vem ajudando as empresas na obtenção de resultados cada vez mais expressivos.

Interessante, não é? Então, leia este post até o final e descubra como essa tecnologia pode fazer a diferença também para o seu negócio.

Afinal, o que é machine learning?

Em português, podemos traduzir machine learning simplesmente pela expressão “aprendizado de máquina” e essa tecnologia muda essencialmente a forma de desenvolvimento dos computadores e softwares.

Em geral, máquinas e programas são construídos com foco na solução de algum problema específico, por exemplo: saber se amanhã vai chover ou se fará sol, desenvolver uma forma mais eficiente de nos comunicarmos uns com os outros ou enviar promoções de produtos por e-mail.

A partir do machine learning, essa lógica muda. Começamos a desenvolver computadores capazes de aprender a identificar e a resolver sozinhos os problemas que surgirem. Como consequência, quanto mais o tempo passa, mais eles vão aprendendo novas soluções e melhorando seu próprio desempenho, sem precisar de uma intervenção humana para determinar a melhoria necessária. Ou seja, com base nas “experiências”, eles evoluem sozinhos e naturalmente.

Em linhas gerais, podemos dizer que aprendizado de máquina é um conjunto de regras de programação que permite aos computadores tomarem decisões por conta própria, sempre baseados em dados. Percebe como o potencial de ajuda do machine learning para o ser humano é enorme?

Mas, o aprendizado de máquina já está no meu dia a dia?

Sim! Apesar de essa tecnologia ainda estar dando seus primeiros passos, os benefícios já podem ser percebidos na nossa rotina de forma que nem imaginamos.

Quando o smartphone entende o que você fala e esclarece suas dúvidas; ou quando um aplicativo que organiza suas fotos automaticamente, isso é o machine learning, que, pouco a pouco, vai ganhando cada vez mais espaço na sua vida.

Mas não é apenas nos celulares pessoais que podemos encontrar essa tecnologia. O aprendizado de máquina está chegando também ao mundo corporativo, resolvendo problemas gradativamente mais complexos.

E como o machine learning ajuda as empresas?

Máquinas e sistemas inteligentes serão, em breve, os melhores amigos do empresário, do empreendedor, de qualquer pessoa que gerencie uma empresa. Mas como isso acontecerá? De que forma o aprendizado de máquinas pode ajudar uma empresa?

Bem. Podemos dizer que os computadores, celulares, softwares e cia. limitada atenderão de forma diferenciada cada empresa ou setor, conforme suas necessidades e demandas, expectativas e projetos. Para entender melhor, veja abaixo alguns exemplos que já são reais e que estão melhorando a produtividade das empresas graças ao machine learning.

Mais vendas e consumo pela internet

Alguma vez você entrou na Amazon e o site indicou vários produtos interessantes para você? Lembra que, depois de selecionar um conteúdo na Netflix, o sistema indica outros filmes ou séries que você gostaria de assistir?

É o machine learning contribuindo para melhorar o seu dia a dia e, consequentemente, os negócios dessas duas empresas. É a máquina e o seu conjunto de softwares aprendendo com seu comportamento e, pouco a pouco, percebendo o que você gosta e oferecendo novas alternativas. Assim, o usuário tende a ter uma experiência melhor e acaba ficando mais tempo no site.

Enfim, essa tecnologia de aprendizado já existe em grandes sites de e-commerce, mas tende a ganhar ainda mais força nos próximos anos. Com a disseminação do machine learning, sites de lojas menores também poderão adotar a mesma estratégia, com resultados igualmente positivos.

Mais segurança no ambiente virtual

Hoje, a maior parte das informações de uma empresa fica na internet, seja na forma de e-mails, backups  ou servidores e softwares que rodam na nuvem. Isso transformou a cibersegurança em prioridade (e também dor de cabeça) para gestores corporativos.

Diante desse cenário, o machine learning desempenha um papel preponderante: com a sua capacidade de tomar decisões cada dia mais assertivas, deve criar uma camada extra de proteção para esses dados. Funciona, mais ou menos, assim: ao analisar o comportamento dos usuários, o sistema pode detectar qualquer movimento fora do padrão e identificar, com mais agilidade, eventuais tentativas de fraude. É uma arma importante para bancos e financeiras, por exemplo.

Mais eficiência no relacionamento com o cliente

Manter um relacionamento próximo com o cliente, muitas vezes, exige que o usuário preencha longos e entediantes formulários. Na prática, isso pode afugentar potenciais compradores do seu produto e serviço.

Por isso, o machine learning é um dos grandes aliados do setor de marketing das empresas. A tecnologia já está conseguindo entender melhor as necessidades dos clientes e reduzindo o tempo de resposta do suporte ou mesmo da equipe de vendas.

Mais resultados na tomada de decisões estratégicas

Com a capacidade de ler e extrair soluções de grande quantidade de informações, uma máquina inteligente assessora gestores na tomada de decisões mais precisas, sempre baseadas em dados e não em “achismos”.

Essa tendência já pode ser vista claramente em promoções do comércio: nos softwares que interpretam o comportamento dos consumidores e detectam quais promoções e quais datas são melhores para conquistar os usuários. Na prática, isso significa mais vendas e mais faturamento no comércio.

Mais rapidez na cobrança de dívidas

O setor de cobrança das empresas trabalha basicamente com base em ligações telefônicas e alguns dados disponibilizados sobre o devedor. É um trabalho complexo, árduo e que apresenta muitas dificuldades até a obtenção dos primeiros resultados positivos.

O machine learning está mudando essa realidade. A tecnologia captura dados e rastreia a jornada do devedor. Com base nessas informações, entende quais clientes estão aptos a quitar o débito e acertar as contas. Além disso, o aprendizado de máquina identifica as melhores formas de contato e de aproximação com o devedor.

Mais produtividade dos funcionários

Profissionais de Recursos Humanos despendem horas para decifrar quais são os funcionários mais produtivos e quais as estratégias mais indicadas para aprimorar a satisfação interna.

Com o aprendizado de máquina, o RH tem um grande aliado, pois essa tecnologia permite registrar o desempenho de cada colaborador e, na sequência, avaliar os resultados obtidos e o seu nível de participação em diferentes projetos. Assim, os softwares aprendem como e quais funcionários atuam melhor em cada tarefa. Com os dados em mãos, fica muito mais rápido e fácil distribuir, internamente, as funções, alocando os funcionários nas áreas em que eles rendem melhor.

Então, percebeu como o machine learning não é coisa de ficção científica e muito menos uma tecnologia de um futuro distante? Ela está em nosso dia a dia e vai ganhar ainda mais espaço nos próximos anos. Vale muito investir nessa tendência. E se você gostou do nosso post, não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá novos conteúdos como esse diretamente no seu e-mail.

Share This