A opção por um software personalizado é uma maneira de contar com uma solução que se encaixe perfeitamente às necessidades de uma organização. As demandas por tecnologia de uma empresa nunca são iguais às de outra: mesmo aquelas que são concorrentes em um único mercado adotam processos diferentes e lidam com seus clientes e produtos de forma distinta.

Não faz sentido que a solução para problemas diferentes seja igual. Quem se rende aos softwares de prateleira acaba adaptando os seus processos internos para aquela tecnologia e com isso deixa de fazer várias atividades que seriam importantes.

Neste artigo, explicaremos melhor o que é um sistema de gestão personalizado e por que é mais inteligente investir neste tipo de solução do que se adaptar aos softwares disponíveis no mercado.

Software personalizado: o que é exatamente?

Um software personalizado é aquele feito sob medida para um cliente. Ele é moldado com base nas necessidades reais de tecnologia de uma empresa e pode potencializar atividades operacionais e administrativas de forma bem mais eficaz que os softwares de prateleira.

Hoje, a tecnologia está presente em todos mercados e qualquer tipo de negócio. Com o software certo, é possível maximizar a produtividade, reduzir lucros, estruturar e automatizar processos de uma empresa.

Para explorar essas possibilidades, é muito importante contar com as ferramentas que se encaixam melhor às necessidades da organização. Antes de adotar qualquer nova tecnologia, é natural que a empresa identifique primeiro suas demandas.e a partir disso busque soluções capazes de atendê-las.

Mas, ao pesquisar no mercado, é bem improvável que seja encontrada uma ferramenta que atenda a todos os requisitos exigidos. À vista disso, algumas organizações investem recursos extras para adaptar o software existente, ou pior, modificam seus próprios processos e rotinas para encaixar em uma tecnologia qualquer.

Isso acontece porque as empresas que desenvolvem softwares de prateleira se baseiam em um fluxo comum e genérico que na teoria possa ser vagamente adotado em qualquer negócio de um nicho específico. Mas na prática, esse encaixe não costuma acontecer.

Um sistema personalizado é uma opção melhor que vai atender todas as demandas de uma empresa. Nesse modelo, o fornecedor conhece melhor o core business do cliente e molda a solução com base em um mapeamento que leva em questão todas as particularidades do mercado e do negócio.

Por que investir em um sistema de gestão personalizado?

Existe um mito de que, por estar pronto, um software de prateleira sempre será uma solução mais barata. Mas, na verdade, quando se leva em consideração o custo total de aquisição, é muito possível que a opção por um sistema de gestão personalizado seja um investimento mais inteligente.

Além do valor da licença, quando uma empresa adquire um software de prateleira ela precisará gastar com treinamentos específicos que expliquem aos seus colaboradores as mudanças nas rotinas deles que serão causadas pela tecnologia nova, por exemplo.

Como será uma solução padrão de mercado, é bem provável que essas capacitações sejam bem mais complexas do que seria a de um software feito sob medida e que respeita os processos desenvolvidos e refinados pela organização.

Além disso, a adaptação de um software de prateleira pode sair cara para uma empresa. É preciso encontrar especialistas que dominem a forma que o sistema licenciado funciona e possivelmente gastar muito tempo implementando funcionalidades novas para ajustar esse software às necessidades da organização.

Outra razão que justifica o investimento em um software personalizado é a capacidade de reunir todas demandas de tecnologia da empresa em um único sistema integrado.

Com os avanços em data science e Big Data, por exemplo, existe a possibilidade de confeccionar ferramentas que coletam, analisam e processam dados com extrema eficiência, gerando insights importantes e dando suporte ao processo de tomada de decisões na empresa.

O mesmo vale para as tecnologias avançadas baseadas em Machine Learning, que faz o reconhecimento de padrões para realizar análises preditivas e antecipar tendências e comportamentos do consumidor.

Mas se essas tecnologias não estão integradas ao ERP, que centraliza e organiza os processos produtivos da organização, muito é perdido na transição entre os sistemas. É como se vários idiomas diferentes fossem falados dentro da empresa, sem um padrão entre eles: muito se perde na tradução.

E a complexidade de ter que lidar com uma tecnologia para cada problema diferente pode afetar a agilidade da operação.

Por fim, vale a pena destacar que um software feito sob medida é único, exclusivo e proprietário. Isso aumenta a independência da organização, que não precisa nem mesmo lidar com o parceiro que desenvolveu e entregou o produto, se assim preferir.

Quais os principais benefícios de um sistema personalizado?

O principal benefício de um sistema personalizado é a possibilidade de ter uma solução de tecnologia que atenderá todas as necessidades da empresa. Isso significa que nenhum processo precisará mais ser realizado de forma manual e que todo o operacional e administrativo da organização poderá ser efetivamente informatizado.

Antes da implementação do software personalizado, a empresa fornecedora elaborará um mapeamento completo dos processos do seu cliente, associando cada um deles a soluções que possam potencializar sua performance.

Além disso, como o desenvolvimento de soluções personalizadas envolverá diretamente a empresa e os colaboradores que utilizarão o software em suas rotinas, a resistência deles em adotar a nova tecnologia será menor, pois eles se sentirão parte da criação do produto.

Acompanhar de perto o processo de criação de um software sob medida é culturalmente bom para a empresa e as suas equipes, que poderão influenciar mais o desenvolvimento e construir juntos uma solução melhor.

Também é importante destacar que uma solução personalizada não vai encontrar as mesmas restrições tecnológicas dos produtos de prateleira. Muitas vezes uma empresa não encontrará nos softwares disponíveis no mercado o que verdadeiramente há de mais avançado.

Alguns desenvolvedores seguram tecnologias de ponta em seus produtos para lançar as novidades em uma edição seguinte, mas ao escolher um software personalizado, a empresa conseguirá exigir qualquer tipo de tecnologia possível no produto que adquirirá.

E agora que você já sabe por que sua empresa precisa de um software personalizado, que tal aproveitar para descobrir a importância de uma consultoria de TI?

Share This