Atualmente as soluções de TI evoluíram para otimizar a gestão do PDV (ponto de venda), e acompanhar os consumidores cada vez mais exigentes e bem informados de hoje. Se eles não estão satisfeitos com as escolhas ou níveis de serviço oferecidos, eles podem, com dispositivos móveis na mão, acessar instantaneamente um conjunto ilimitado de alternativas.

Como resultado dessas pressões competitivas extremas, o PDV moderno evoluiu muito além de um sistema de pagamento e contabilidade para se tornar não apenas um ponto de venda, mas também um ponto de serviço, gerando interações altamente individualizadas que satisfazem consistentemente os clientes no momento.

Por exemplo, uma solução de TI habilita os vendedores no varejo a otimizar vendas  com visibilidade em tempo real do inventário, bem como a compra e o histórico de navegação online de um cliente.

Por que usar TI na gestão do PDV?

Os sistemas de ponto de venda de hoje fazem muito mais do que simplesmente ligar e registrar transações. Para as empresas grandes e pequenas, eles são um sistema primário de registro para vendas, inventário, merchandising e marketing.

O uso da TI no PDV fornece relatórios valiosos sobre o desempenho de sua empresa a cada dia, bem como podem identificar problemas em torno da produtividade do trabalho, as fontes de redução, as estratégias de preços e o desempenho de várias promoções.

Feito direito, a tecnologia da informação no PDV também reduz os custos e melhora as margens, tudo sem sacrificar os níveis de serviço.

Para os varejistas, isso significa economizar e até aumentar as vendas na loja, com recursos de comércio habilitados que permitem aos clientes comprar, retirar ou retornar itens através de qualquer canal.

As soluções de TI podem maximizar tanto o estoque como a produtividade do pessoal, com  análises avançadas que impulsionam operações mais enxutas, ofertas mais lucrativas e promoções mais eficazes.

Como a tecnologia da informação pode otimizar o PDV?

À medida que os varejistas se esforçam para se aproximar de seus clientes e obter uma visão de 360 ​​graus de cada consumidor, os dados tornam-se ainda mais essenciais.

O PDV e os sistemas de pagamento ainda são recursos importantes para a coleta de dados — eles contam ao varejista o que está comprando, em que localidade, preferências e histórico

A indústria está ficando mais rápida com Big Data, agora é possível vincular os dados de pagamentos e informações sociais que os consumidores fornecem em troca de benefícios ou promoções personalizados, criando uma imagem mais completa do perfil de cada cliente.

Tudo isso combinado — os dados, a personalização e a experiência podem gerar vendas recorrentes e fidelização de clientes em um momento em que os revendedores precisam vender mais.

Benefícios da TI na gestão de PDV

Tanto para novos negócios ou empresas consolidadas no mercado, o uso da TI na gestão do PDV é um investimento inteligente.

A economia de horas de trabalho e o aumento da eficiência facilitam o equilíbrio da equipe e automatiza muitas tarefas que exigem muito tempo. Confira alguns benefícios que podem melhorar a gestão no PDV:

Gerenciamento de relacionamento com clientes

O componente de gerenciamento de relacionamento com clientes possui a funcionalidade para gerenciar interações de clientes, histórico de vendas, informações de contato, preferências do cliente, características, programas de fidelização e assim por diante.

Para um varejista, as compras dos clientes são o canal mais importante da receita. Para tornar as coisas mais desafiadoras, os clientes de hoje são mais educados, mais céticos e mais exigentes do que antes.

Com o advento da Internet, a transparência dos preços tornou-se uma grande ameaça para os varejistas. Assim, oferecer um serviço personalizado aos clientes é crucial.

Ter um boa gestão de PDV que rastreie o comportamento e as preferências dos clientes assegurará relacionamentos saudáveis.

Gerenciamento de transações

O componente de gerenciamento de transações inclui todas as informações necessárias para concluir uma transação.

Este componente deve capturar os principais dados de transações, tais como, vendas, anulações de vendas, vazios, reembolsos, compra de certificados de presente, transações de serviços, criação de pedidos especiais e outros.

O componente de gerenciamento de transações deve validar a informação do item, calcular automaticamente o valor total da compra e processar os pagamentos.

Isso permite aos funcionários dar toda a atenção para servir adequadamente o cliente, uma vez que o processamento de uma venda só exigiria que digitalizassem o código de barras e pedissem o método de pagamento.

Gestão de inventário

O componente de gerenciamento de inventário inclui procedimentos de inventário físico e ajustes de estoque. Isso garante que o inventário da loja esteja atualizado.

Também ajuda os funcionários a ter informações precisas sobre a quantidade disponível, este componente permite que os funcionários fechem as vendas e aumentem o atendimento ao cliente e a satisfação.

Gerenciamento de preços

O componente de gerenciamento de preços permite que um gerente ou funcionário da loja modifique o preço de varejo de um item.

Os sistemas devem permitir a modificação de um preço de varejo por diferentes motivos, como descontos em itens danificados, descontos após negociações ou correspondência competitiva de preços.

Isso é realmente útil se você precisar fazer mudanças rapidamente.

Gerenciamento de registro

O componente de gerenciamento de registros inclui processos para procedimentos de abertura de caixa, encerramento e equilíbrio de caixa. Além disso, há gestão de fundos de abertura de registro, transações efetuadas, propostas, moedas e impostos.

O gerenciamento do registro deve acompanhar o fluxo de caixa no dia útil e deve sinalizar quaisquer eventos incomuns. Isso permite que um gestor monitore e reduza erros de funcionários.

Fornecimento de Relatórios

Os funcionários usam este componente diariamente para extrair informações sobre estoque, resumos de vendas ou comissões. Relatórios e consultas permitem que as organizações analisem o desempenho da empresa por dia, por semana, por mês, ou mesmo por ano.

Também mostra o desempenho de itens em vários níveis (como cor, dimensão, tamanho, características ou atributos). Os relatórios e consultas também permitem que os gerentes identifiquem anomalias e tomem medidas corretivas, se necessário.

Ordens de compra e mudanças de preço

O recurso de pedido permite aos compradores comunicar uma compra aos vendedores e receber os produtos encomendados.

O recurso de mudança de preço é usado para gerenciar o preço de venda dos produtos. Este recurso pode oferecer ferramentas para reduzir ou elevar o preço de varejo. Um componente de mudança de preço permite uma redução e marcação permanente ou temporária.

Para saber mais sobre como melhorar a gestão de PDV da sua empresa entre em contato conosco!

Share This